Mulher é presa acusada de falsificar assinatura do juiz eleitoral em Nova Viçosa

Mulher é presa acusada de falsificar assinatura do juiz eleitoral em Nova Viçosa
outubro 31 16:06 2016 Imprimir Este Artigo

lia-preta

Uma ação das polícias Civil e Militar na noite da última sexta-feira (28/10), prendeu preventivamente uma pessoa e conduziu coercitivamente outras três para a Delegacia da Polícia Civil de Nova Viçosa, como resultado do inquérito policial que apurou um ato criminoso ocorrido nas eleições municipais de 2 de outubro de 2016. Além de vários documentos e computadores que foram apreendidos em pelo menos três residências do município de Nova Viçosa em cumprimento a um mandado de busca e apreensão.

Na ocasião um documento falsificado simulando ser uma decisão judicial contendo uma assinatura falsa do juiz Felipe Remonato, titular da 35ª Zona Eleitoral da comarca de Mucuri/Nova Viçosa, foi divulgado nas redes sociais, bem como os prints falsos dos portais de notícias Teixeira News, Liberdade News e Sul Bahia News, dando conta que o prefeito e candidato à reeleição Manoel Costa Almeida, o “Manoelzinho da Madeira” (DEM) teria sido cassado pela Justiça Eleitoral nas vésperas das eleições.

Na época o magistrado foi obrigado a divulgar uma nota pública à sociedade por meio dos órgãos de comunicação, desmentindo o feito criminoso nas redes sociais. Um inquérito policial foi instaurado para se apurar a gravidade dos fatos com o intuito de identificar o autor ou os autores da falsificação. A apuração terminou no processo judicial nº 177327/2016 que foi transitado e julgado na segunda-feira do último dia 24 de outubro.

O próprio juiz Felipe Remonato decretou naquela segunda-feira (24), o mandato de prisão preventiva de uma mulher após a decisão prolatada que teria sido a responsável pela confecção dos prints e do documento falso em nome do magistrado, que trata-se da senhora Maria Antônia da Conceição, a “Lia Preta”, de 52 anos. Ela foi presa em casa na Rua Cajueiro, na cidade de Nova Viçosa, por policiais da CAEMA – Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica de Posto da Mata.

Fonte:Teixeiranews

Print this entry

  Categories:

Ainda não há comentários

Você pode ser o único a iniciar uma conversa .

Adicione um comentário

Your data will be safe! Seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa.
Todos os campos são obrigatórios.