Acidente deixa 8 mortos e um gravemente ferido próximo Itabela

Acidente deixa 8 mortos e um gravemente ferido próximo Itabela
maio 01 22:24 2017 Imprimir Este Artigo

Um grave acidente por volta das 04h da madrugada deste domingo (30/04), na altura do Km-767 da rodovia BR-101, nas proximidades de um Posto de Combustível do trevo de acesso ao distrito de Monte Pascoal, município de Itabela, envolvendo uma Carreta dos Correios e um Fiat/Palio, que estava com 9 pessoas a bordo, deixou o saldo trágico de oito mortos e um ferido.

O acidente aconteceu entre as cidades de Itamaraju e Itabela. Todas as 9 vítimas foram jovens que retornavam de uma festa no povoado de Montinho e seguiam para a cidade de Itabela, onde moravam. Apenas uma das 9 vítimas foi socorrida com vida e levada pelo SAMU-192 para o Hospital Regional de Eunápolis.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, a tragédia era anunciada pois de acordo com as normas de trânsito, o carro trafegava com a quantidade de passageiros superior à permitida. O carro transportava 4 pessoas além da capacidade máxima permitida pelo Código Brasileiro de Trânsito. O motorista do Fiat/Pálio que havia comprado o carro no dia anterior perdeu o controle numa curva e entrou em baixo do cavalinho da carreta que subia uma ladeira com velocidade baixa.

O motorista do Fiat/Palio, placa MPN-7057, Rodrigo da Silva Santos, 26 anos, não possuía Carteira Nacional de Habilitação e o carro estava com os pneus desgastados. Rodrigo já havia sido preso por tráfico de drogas, associação para o tráfico e por porte ilegal de arma de fogo. Entre as vítimas estavam três adolescentes, uma de 13 anos e duas de 14 anos de idade.

Além do motorista Rodrigo da Silva Santos, de 26 anos, morreram os jovens Mateus Souza dos Santos, 18 anos, Maciel Silva de Jesus, 18 anos, José Carlos Jesus Gonçalves, 32 anos, Sidiane de Jesus Lopes, 13 anos, Emilly Gomes Santana, 14 anos, Marlene Santos Nascimento, 14 anos e Ianka Souza Lima, 21 anos. E Ezequiel Santos Santana, 19 anos, se encontra internado em estado grave no no Hospital Regional de Eunápolis.

Por Athylla Borborema Teixeiranews