Mulher morre após cair da sacada de pousada em Porto Seguro, sul da Bahia

Mulher morre após cair da sacada de pousada em Porto Seguro, sul da Bahia
novembro 17 23:45 2017 Imprimir Este Artigo

Uma mulher morreu após cair de uma altura de três metros, da sacada de um quarto de uma pousada, quando estava com o companheiro, na cidade de Porto Seguro, região turística do Sul da Bahia.

A Polícia Civil, que investiga o caso, diz que as primeiras informações apontam que a queda foi um acidente. O companheiro dela foi ouvido, acompanhado de um advogado, e liberado.

O caso ocorreu no feriado da Proclamação da República, por volta das 5h de quarta-feira (15). A mulher foi identificada como Beatriz Costa Norberto, de 40 anos, natural de Caravelas, cidade também no Sul da Bahia. O casal morava em Curvelo (MG).

Em depoimento, o companheiro de Beatriz, Wifried Lubenau, contou que o casal teria ingerido álcool e cocaína. Ele disse que ela teria caído depois de se desequilibrar da sacada, após uma brincadeira.

“Já ouvimos testemunhas, e nenhuma briga foi informada. A princípio, foi um acidente. Vamos ouvir mais testemunhas”, diz o delegado Rafael Zanini, da delegacia do Turista (Deltur) de Porto Seguro .

O marido dela contou que o casal tinha chegado na pousada após um passeio, e a mulher pediu para ele pegar um celular que ela tinha esquecido no carro. Quando ele retornou, não encontrou Beatriz e desceu para procurar a esposa.

Conforme o depoimento dele, depois de não conseguir encontrar ela fora do quarto, ele voltou ao local e encontrou a mulher lá. Foi quando ela contou que havia feito uma brincadeira de se esconder na varanda e, ao mostrar o local onde havia se escondido, acabou caindo.

Após a queda, ela chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde foi constatada a morte.

O corpo dela foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passa por perícia. Os exames devem comprovar se ela ingeriu entorpecentes e qual a causa da morte.

Beatriz trabalhava em uma boate na cidade de Curvelo. O marido dela é natural da cidade mineira, onde os dois passaram a morar há seis meses, depois que oficializaram a união estável na cidade de Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia.

(Informações G1)

Print this entry

  Categories:

Ainda não há comentários

Você pode ser o único a iniciar uma conversa .

Adicione um comentário

Your data will be safe! Seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa.
Todos os campos são obrigatórios.