Corpo de ex moradora de mucuri é encontrado com sinais de violência em esgoto na Serra

Corpo de ex moradora de mucuri é encontrado com sinais de violência em esgoto na Serra
novembro 14 15:49 2018 Imprimir Este Artigo

O corpo de uma mulher foi encontrado boiando no esgoto de uma empresa mineradora da Serra. A vítima foi identificada como Ana Clésia Pereira, que trabalhava como auxiliar de serviços gerais em uma academia no mesmo município. Ela estava desaparecida desde o dia 2 de novembro.

De acordo com a Polícia Civil, havia uma marca de tiro na cabeça da vítima e o corpo dela apresentava vários sinais de tortura. O corpo foi encontrado, em adiantado estado de decomposição, por funcionários da empresa, durante um trabalho de manutenção, na última segunda-feira (12). Ele estava dentro de uma manilha de esgoto, perto da linha férrea da mineradora. A mulher vestia apenas uma blusa.

Imediatamente a Polícia Civil foi acionada e uma equipe do Corpo de Bombeiros precisou ir ao local para realizar o resgate. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória e liberado na tarde desta terça-feira (13). Um irmão da vítima esteve no local, acompanhado de outras duas pessoas, e fez o reconhecimento e liberação do corpo. Ana Clésia será sepultada no município de Mucuri, no extremo sul da Bahia, onde mora a família dela.

Nas redes sociais, amigos e familiares da vítima fizeram apelos, nos últimos dias, pedindo informações sobre o paradeiro dela. Amigos disseram à reportagem da TV Vitória/Record TV que a mulher, que morava na Serra, havia saído de casa no último dia 2 e disse que ia para a casa de uma amiga.

No local, ela teria se divertido com colegas e, logo em seguida, desaparecido misteriosamente. Em uma foto publicada no perfil de Ana Clésia em uma rede social, no dia em que foi vista pela última vez, a vítima vestia uma blusa vermelha, a mesma que usava quando foi encontrada morta.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM). Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181 ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br. Não é preciso se identificar e o sigilo e anonimato são garantidos.

(Informações Folhavitória)

  Categories:

Ainda não há comentários

Você pode ser o único a iniciar uma conversa .

Adicione um comentário

Your data will be safe! Seu endereço de e-mail não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com terceira pessoa.
Todos os campos são obrigatórios.